sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

E eu vou com o vento


Pois bem, a vida corre.E quando a gente percebe, já passamos várias páginas da nossa história.Nesses últimos dias aconteceram coisas novas.Eu tive o infortúnio de ser chamado pra um entrevista, passar em todas as provas e no final ser barrado por ter um parente na empresa.Pode?Claro que pode.Coisas da vida.E não adianta querer se matar, ou ficar triste por isso.Isso acontece com todos, com uns mais, outros menos.Mas ninguém consegue tudo de cara.
Tá que eu fiquei meio "down", mas faz parte.A vida é feita dessas coisas, acho que uma hora as coisas passam a ser menos hostis pra mim.E nem adianta tentar dificultar as coisas, eu já tentei, só piora.
A gente vai crescendo e crescendo, de repente nos tornamos um peixe grande, num lago pequeno.
Eu precisaria hoje, de paz, de luz, de uma força divina, algo que me empurre.Tipo, "vai lá garoto, caia no mundo, mostre o que sabe fazer".Eu sei que um dia isso vai acontecer, mais cedo ou mais tarde.Estou a procura disso.
Pois então, minha linda e gorda irmã nasceu.Tão linda, tão saudável.Estou feliz, mais uma irmã.Nossa, diferença de 19 anos e alguns meses.Vou ser um irmão pé-na-cova.Pois então pessoal, outra faculdade me ligou, e eu neguei.Eu não posso fazer nada agora.Eu vou conseguir um emprego, e vou ver que caminhos a vida vai me mostrar.Sempre mostra, eu agora escuto e vejo tudo diante dos meus olhos.Parar e analisar situações, sentir a essência de tudo.A vida te mostra caminhos, conversar com ela me guia.Eu falei do meu relacionamento perdido.A Rachel, ficou meio..."Hã?".Mas é que é assim, embora ela tenha me ligado, embora ela tenha sido doce.Eu sei que nunca será pleno.Eu acho que eu já dei uma chance pra nós dois, não deu.Insistir num erro, só me faria regredir.Eu sei que é difícil entender plenamente isso.Mas é assim, eu acho que relacionamentos conturbados, difícilmente se tornam normais.Embora eu a ame, eu sei que eu não vou ser correspondido da maneira que eu gostaria.
E por mais que ela pareça arrependida, eu sei que ela não voltaria atrás, o orgulho a corrói por dentro.Eu já joguei no vento meu orgulho uma vez, fiz sem medo de ser feliz.Acho que agora não tem mais o que fazer.Eu me abtuei, eu já sei lidar com perdas, eu já me acostumei em estar só.Digo sem contato, sem carinho.Eu tenho uma grande qualidade, eu me acostumo em qualquer ambiente, mesmo que eu coma o pão que o diabo amassou.Quando a gente ama alguém e se acostuma com a falta, o amor adormece.O meu adormeceu.E eu não pretendo acordá-lo.
Enfim, chega de falar disso, não é mesmo?Eu coloquei um piercing.Há, eu não tinha nada pra fazer, daí aproveitei o dia e fiz.Furei a sobrancelha.Embora, alguns não gostem, EU GOSTO.
Ha ficou bacana, gostei da jóia, gostei do resultado.E assim eu vou me fazendo bem.Se não eu caio dentro de um túmulo, e isso eu deixo pra mais tarde.Depois de uns 80 anos....

5 comentários:

ઽ૨Ƭª ʍyℓℓα ખαy disse...

Gostou do player neah?!

Rachel Chagas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rachel Chagas disse...

Oi!! O A Rachel, ficou meio..."Hã?".", e Rachel sou eu?! Por que eu realmente fiquei meio "hã" mesmo. Mas é o que você mesmo disse, são suas escolhas, se acha que esquecer vai te fazer bem, então que esqueça e aproveite as novas oportunidades!!!
O que importa é estar bem consigo mesmo!
Adorei ter visto seu comentário lá no blog! Como as coisas são mais difíceis quando sentimentos alheios estão envlvidos na história né?!
O texto fala do meu namorado, é que pelo que você escreveu, achei que você pensou ter sido do meu ex. O meu namorado é TUDO, mas falta algo, e meu ex de repente não sai da minha cabeça e me ama, já me disse isso.
Mas, nada é tão fácil, afinal, também amo meu namorado, e o que mais me dói é que não consigo amá-lo da forma que ele merece de verdade, sabe? Ele é mais o "meu anjo bom", meu braço direito, meu irmão, melhor amigo!
Mas então, obrigada novamente por comentar!!
Amei sua frase do pé na cova daqui a pelo menos uns 80 anos... auauhauhauha
Muito bomm]! Parabéns pela irmanzinhã!

Beijo!

Isadora. disse...

É, o MCR não para :D A música e o clipe novos são meio punk, mais ou menos seguindo a linha do último single, Teenagers...



E ah, eu fui à minha segunda entrevista de emprego um dia desses e não fui contratada d novo... mas eu nem esquento com isso, na verdade to indo por obrigação só.

Parabéns pela irmãzinha *-*

Aura Sacra Fames disse...

A maioria das atitudes dos estadunidenses merecem reprovação, eles merecem também alguns dos seus adjetivos, mas não gostaria de vê-los aplicados ao Brasil ao passo que lá eles trouxeram o imperialismo, mesmo que o Brasil o viva em menores proporções.


Desculpe-me pela ausência.
Abraços
aurasacrafames.blogspot.com