domingo, 28 de junho de 2009

Eu já nem me importo mais..

Se eu pudesse desligar as luzes do mundo, eu desligaria. Cansado de acordar todos os dias para mergulhar de cabeça num ambiente insuportável. E parece que nada pode funcionar da maneira que eu quero. Tudo insiste em caminhar pelo caminho que certamente eu não caminharia.
Eu escolhi roteiros que dificultassem menos a minha vida, mas as portas erradas insistem em serem abertas. E se elas abrem, eu prefiro fechá-las. Sou fraco demais pra grandes desafios, essa é a verdade.
Sou frágil demais pra grandes riscos. Isso é definitivamente chato de assumir, mas é a pura verdade. Eu quebro mais do que os outros, meu emocional é gritantantemente instável, e sim, eu sou uma pessoa que está sempre a beira da depressão.
Traumas? Péssimas lembranças? Pode ser, mas eu nasci dessa forma. Eu nunca estou bem sempre, eu nunca estou satisfeito sempre, tudo que é novo é um grande desafio. Eu não sei o que há de errado comigo, mas eu não sou normal.
Diante de problemas eu reajo muito mal, eu penso em desistir fácil. Eu penso em jogar tudo no vento antes mesmo de ver o final. Por que? Eu não sei. Me falta satisfação, grandes emoções, me falta LUZ.
Preso dentro de um mundo que eu criei, talvez eu seja tão infantil quanto a dez anos atrás. Eu sou uma pessoa despreparada pra batalhas. É humilhante assumir, mas é. Foi a educação? Foi também. Mas falta de vergonha na cara é o que me falta mais. Eu poderia cair em queda livre sem me preocupar com as consequências, mas eu não dou um passo sequer em solos instáveis.
E tudo que eu queria era sorrir sem estar só sendo educado, ou sei lá, mantendo bons costumes. Eu queria ser mais leve, menos tenso. Eu não consigo desfarçar decepções, não consigo separar as coisas, resumindo eu sou péssimo. Infelizmente eu nem tenho controle sobre esses sentimentos ruins, eu só peço a Deus dia e noite para que ele me ajude. Porque eu nem consigo dizer tudo isso pra pessoas ao meu redor, é humilhante demais, é desgastante.
Esperando por um alivio....implorando pela satisfação. E se a vida insiste em me jogar em grandes batalhas, eu infelizmente vou ter que me virar do meu jeito, longe desse sistema de coisas. Sou complexo demais, dramático demais, intrigante demais pra locais onde tudo que é negativo cai tudo sobre mim.
Me falta muito além de sorte, me falta muito mais do que amor, me falta antes de mais nada VIDA, me falta felicidade, coisa esta que eu venho buscando em tudo. Em olhares, em lembranças, em momentos, em diversões, mas eu não sei onde ela está, eu já procurei tanto. E aos poucos eu vou admitindo que o erro sou eu, eu nao me adequo ao mundo lá fora, eu me desespero como se estivesse no meio de uma avenida repleta de carros em alta velocidade. Eu queria gritar...eu detesto parecer um adolescente em crises, eu odeio não poder me ajudar.

5 comentários:

S. Mupsi disse...

É doloroso.
Eu sei, também,que não adianta alguém dizer para você que vai passar. Essas coisas só quem vive é quem entende.
Eu espero que um dia você, eu e muitas outras pessoas consigam achar seu caminho de liberdade.
Acho que esse caminho só você é quem sabe, e vai descobrir. Ele vai te deixar completo. Não desista da busca. Não desista de aproveitar a dor e reciclá-la. Eu sei que é dificil. Eu mesma não sei a minha capacidade. Quem dirá a sua, mas eu penso que você nunca saberá até "aquele momento", em que você se descobre muito mais forte e maduro do que pensava ser.
Mais uma vez espero que encontre-o.
Grande abraço pra você.

Dark and Light disse...

Eu entendo como é isso, é um saco mesmo, ja me senti assim muitas vezes, ainda me sinto assim de vez enquando.
Mas as coisas saum assim mesmo, parece que é um vulcão que quer destruir tudo, e assusta a gente com os estrondos, mas espero q assim como um vulcão, depois da lava seu solo fice mais fertil.
Essas epocas saum dificeis, é dificil achar respostas, espero q vc encontre-a, eu tb.
abraço

Innocence disse...

É como você gostasse de sofrer, eu sei bem o que você passa, eu vi em você é um reflexo de mim, Eu sei bem ou acho qual é sua procura, mas não desista meu amigo, a vida não é só de sofrimento, alias ela é feita de momentos e esse momentos deve ser aproveitado, qual o adulto que não tem ou teve alma de criança, somos infantis as vezes mas nunca constantemente, então saibas que não estas só nesse contexto, pois em casa ou em algum lugar terás ou tem alguém te ama!

Pense nas coisas que acontece como desafios que você tem que superar, alias você é insusbistituivel.

Grande abraço!

• || Rai || • disse...

É dose XD
É como se ninguém sentisse o que vc sente, não dá para explicar...
Por mais que consigamos nos divertir durante um momento que seja, passado um tempo, lá vamos nós de novo embarcar na tristeza, ninguém merece ¬¬'

Sem contar que dá uma vontade louca de mudar a rotina, sair dela só um pouquinho.

Mas ainda assim, acredito que vc possa mudar, sabe? Vai conseguir achar a felicidade que tanto procura, com toda certeza.

Ah, outra coisa: vc disse que desiste de tudo tão fácil, mas já reparou que está sempre à procura do seu caminho, da sua felicidade?
Ora, vc não desistiu, certo? Hehe ^^

Abç

Del... disse...

Oi!!Eu queria ter alguma coisa legal pra te dizer,diante do q vc escreveu,mas sinceramente, eu não tenho...
Os outros 4 comments jah deram os conselhos mais indicados...
bom,todo mundo jah se sentiu assim na vida,no mundo todo há pessoas q se sentem assim e sempre haverá...
c'est la vie!
bom...vou encher sua paciência só mais um pouquinho:
1°Se aproxime mais de Deus,ele te fez,então ele pode te ajudar,se vc quiser...e 2° continue a nadar!!
abração:)