terça-feira, 21 de dezembro de 2010

2010 está indo embora


Eu acredito que eu estou terminando o que eu deveria ter feito em 2010. Mais um final de ano. Quando eu olho pra trás eu vejo um rastro que se perde no horizonte. O primeiro semestre na faculdade já se foi, quantos amigos eu fiz, quantas pessoas eu conheci.
Me dei um grande presente, lutei por mim mesmo. No final eu consegui registrar alguns fabulosos momentos. Momentos simples, mas que pelos detalhes são especiais. Foi muito bom ter conhecido pessoas como a Débora, o Thiago, a Vanessa, o Diogo, a Fabiana, o Fernando, a Cláudia, a Carol, a Roberta.
Pessoas especiais e que estão registradas no livro da minha vida. De um jeito ou de outro fizeram parte da minha história, essa que eu conto aqui ou ali. Foi ótimo ter conseguido um emprego, e o melhor, estar lá até hoje, foi ótimo passar no vestibular e concluir um semestre com dois jogos.
Esse ano eu perdi também, nada pode ser perfeito e a minha vida é recheada de autos e baixos. Eu perdi pessoas muito amadas pra sempre, eu perdi o Daniel, Seu Filó e Dona Elza. I've lost F'nT. Eles se foram pra sempre, eu sei que eu nunca mais os verei novamente. A morte existe de duas formas, aquela gerada pela interrupção natural ou não das nossas funções biológicas, e também pelo esquecimento, aquela que vai nos matando aos poucos no coração e mente de alguém, e essa é a morte eterna, porque não há lembranças, não há saudades. Apenas acabou.

3 comentários:

Stephanie disse...

A morte pelo esquecimento é realmente a pior que há. =/
Ainda bem que existem outras pessoas que nos dão força, e nos dão um pouco de vida, conforme vão dividindo suas experiências conosco.

Um ótimo ano para você.

Stephanie disse...

Obg pela visita, Lord.
Abçs

Stephanie disse...

Indiquei seu blog ao selinho Creativitè. Ve la. Beijos